1 de dezembro

  • Dia Internacional da Luta contra a Aids
Outros fatos


1822 — D. Pedro I é coroado imperador do Brasil

Filho de Carlota Joaquina e D. João VI, D. Pedro chegou ao Brasil em 1808, aos 9 anos. Após seu pai ser legitimado rei de Portugal, tornou-se príncipe real e herdeiro do trono. Em seguida, casou-se com Carolina Josefa Leopoldina.

 

Em 1821, a família real retornou a Portugal, mas D. Pedro I ficou no Brasil como príncipe regente. Recebeu diversas ordens para retornar à Europa, mas o clamor popular falou mais alto e ele resolveu continuar no País. O dia em que tomou essa decisão, 9 de janeiro de 1822, ficou conhecido como o “Dia do Fico”.

 

Após receber uma carta de Portugal rebaixando-o à condição de delegado das cortes daquele país, declarou a independência do Brasil, antes que o tirassem do poder. D. Pedro I foi proclamado imperador e coroado em 1º. de dezembro de 1822. Um de seus principais feitos foi a instalação da Assembleia Constituinte.

 

Depois da morte de seu pai, D. Pedro I decidiu voltar a Portugal, motivado não apenas pela herança do trono (com o título de Pedro IV), mas também porque sua relação com o povo brasileiro já apresentava sinais de desgaste. Nessa época, abriu mão da coroa brasileira, passando-a para seu filho de apenas 5 anos.

 

D. Pedro I morreu em 1834, aos 36 anos, em Portugal, no mesmo palácio em que nasceu.


1900 — O Amapá é definitivamente incorporado ao território brasileiro

A área situada entre os rios Oiapoque e Amapá Pequeno, no atual Estado do Amapá, era motivo de disputa entre o Brasil e a França até o fim do século XIX. A França reivindicava sua posse no século XVIII, desrespeitando os limites estabelecidos pelo Tratado de Utrecht, em 1713.

 

Os altos preços da borracha no mercado internacional e a descoberta de jazidas de ouro intensificaram a ocupação e a valorização da região. Após algumas tentativas frustradas de resolução e “invasões” do território, a questão foi encaminhada à Comissão de Arbitragem de Genebra em 1897, e ficou conhecida como Contestado Franco-Brasileiro.

 

Finalmente, em 1º. de dezembro de 1900, o governo da Suíça deu ganho de causa ao Brasil na Questão do Amapá e pôs um ponto final na contenda.