Você está em: Objetivo / Saiba mais / O Hino Nacional - Parte 1

O Hino Nacional - Parte 1


Hino Nacional Brasileiro - Parte I Paráfrase
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.
As margens tranquilas do riacho Ipiranga
ouviram o grito estrondoso de um povo heróico,
e o sol da liberdade, com raios resplandescentes, brilhou no céu do Brasil naquele momento.
Se o penhor dessa igualdade,
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!
Se conseguimos conquistar com nosso grande esforço a garantia dessa igualdade,
amparados na liberdade,
nosso peito desafia a própria morte.
Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!
Ó Pátria amada,
idolatrada,
salve! salve!
Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.
Brasil, se a imagem do Cruzeiro do Sul
brilha no teu céu transparente e alegre,
um sonho intenso, um raio maravilhoso de amor
e de esperança desce até  a terra.
Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza
A própria natureza te fez tão grande,
tu és belo, és forte, gigante sem medo,
e no futuro continuarás a ser grande
Terra adorada,   
Entre outras mil, és tu, Brasil,
Ó Pátria amada!  
Terra que adoramos,
Entre tantos outros, tu, Brasil, és 
O país que amamos.
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!
Tu és a bondosa mãe dos que nascem aqui,
Amada terra natal,
Brasil.