Você está em: Objetivo / Efemérides

Efemérides

27 de abril

  • Dia da Empregada Doméstica

Nascimento

Falecimento

Outros fatos



1791 — Nasce Samuel Morse

O norte-americano Samuel Finley Breese Morse nasceu em 1791 e morreu em 1872. Profissionalmente, dividiu-se entre a pintura de quadros e as pesquisas em eletricidade.

 

Enquanto estudava artes plásticas na Europa, presenciou as grandes mudanças geradas e exigidas pela Revolução Industrial. Os novos tempos pediam meios de comunicação mais ágeis, e a ideia de transmitir informações à distância tornou-se fixação. Criou um código, batizado com seu próprio sobrenome, que transformava as letras do alfabeto em sinais de rádio — curtos ou longos —, e, posteriormente, um aparelho para transmitir mensagens a distância.

 

Em 1844, Morse enviou um recado por telégrafo, de Washington D.C. a Baltimore (64 quilômetros de distância). Depois de muita luta, alternando altos e baixos, o inventor conseguiu reconhecimento e compensação financeira por sua determinação.


1521 — Morre Fernão de Magalhães

O navegador Fernão de Magalhães idealizou e comandou a primeira expedição ao redor do mundo. Durante essa viagem, dobrou o estreito que posteriormente receberia seu nome. Tornou-se o primeiro ocidental a navegar pelo Oceano Pacífico. No entanto, antes de conseguir concluir seu feito maior, foi morto numa emboscada.

Sempre em busca das cobiçadas especiarias, serviu ao rei de Portugal e passou mais de oito anos no Oriente, entre Índia, Marrocos e Indonésia. No retorno à terra natal, não conseguiu um acordo satisfatório com o rei português, então ofereceu seus serviços a Carlos V, governante da Espanha. Então, Carlos V patrocinou o sonho de Magalhães — chegar à Ásia por uma nova rota —, atraído principalmente pela possibilidade de se desviar de mares reservados aos portugueses (conforme o Tratado de Tordesilhas).

Em 20 de setembro de 1519, o navegador comandou a partida de uma frota de cinco embarcações, que totalizavam 250 tripulantes, saindo de Sanlúcar de Barrameda (Andaluzia). Ao cruzar o Atlântico e atingir o Pacífico, descobriu uma nova terra: um arquipélago que futuramente receberia o nome de Filipinas, em homenagem ao rei espanhol Filipe II. Durante a viagem, Fernão de Magalhães foi atingido por lanças e morto em longa disputa travada contra nativos de uma das ilhas recém-descobertas. Os sobreviventes de sua tripulação fugiram, passando pelo Oceano Índico e cruzando o Cabo da Boa Esperança em 18 de maio de 1522. Em 5 de setembro do mesmo ano, retornaram ao porto andaluz de onde haviam partido, completando, assim, a circunavegação. Apenas 18 homens, comandados, então, por Juan Sebastián El Cano, conseguiram concluir a jornada.


1908 — Jogos olímpicos de verão, Londres

Por causa da erupção do Vesúvio, em Nápoles (Itália), os jogos olímpicos de 1908, que estavam previstos para ocorrer em Roma, foram transferidos para Londres. Todo o dinheiro que o governo italiano investiria nos preparativos para os jogos (estádios, alojamentos, centros esportivos etc.) foi destinado à reconstrução das edificações locais.

Como os ingleses tinham experiência na organização dos tradicionais jogos de tênis (Wimbledon), considerados de grande porte, seu país foi escolhido para sediar as olimpíadas daquele ano.

Contudo, a atuação dos árbitros escolhidos pelos próprios ingleses provocou muito descontentamento entre os participantes e, a partir dali, o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu não mais deixar por conta do país sede a seleção da equipe de arbitragem.

Também nesses jogos, instituiu-se o desfile das delegações dos países competidores, com suas representações (bandeiras, trajes típicos e outros símbolos). Outra curiosidade: a frase “o importante não é ganhar, mas competir” foi consagrada nessa edição dos jogos olímpicos, por seu idealizador, o barão de Coubertin.

Durante o evento, que contou com 22 países participantes e um total de 2.008 atletas (1.971 homens e 37 mulheres), foram disputadas 22 modalidades, entre elas: boxe, ciclismo, tênis, polo aquático, futebol, esgrima e natação. É interessante lembrar que aquilo que hoje se conhece como “cabo de guerra”, ou “cabo de força” (competição em que duas equipes puxam uma corda a fim de trazer o adversário para o seu ”campo”), era um esporte olímpico naquela época.